Baader Hyperion e Hyperion Aspheric

Baader Hyperion e Hyperion Aspheric

As Baader Hyperion estão entre minhas preferidas na classe wide field, possuem imagem de qualidade, campo aparente de 68º e eye relief de 20mm, que permite observação confortável com ou sem óculos para quem precisa, tudo isso sem contar a questão da modularidade. Vou comentar inicialmente sobre a Hyperion Modular, que é a linha tradicional e no fim fazer alguns comentários sobre a linha Aspheric.

Baader Hyperion Modular

Eyeguard da HyperionAs oculares vêm com um eye guard removível (as da foto acima) que podem ser dobradas para uso com óculos. Achei o tamanho adequado para o eye relief da ocular, permitindo fácil posicionamento do olho para observação e controle de luz parasita. Além disso inclui as tampas para a parte inferior e duas para a superior, uma com o eye guard estendido e outra para ele dobrado! O conjunto acompanha uma bela bolsa de couro para armazenar a ocular. Alguns modelos incluem também o eye guard lateral, como o da foto ao lado. No meu caso esta última veio apenas com o modelo de 13mm.

Baader Hyperion e Hyperion Aspheric

Baader Hyperion e Hyperion Aspheric

Design

São oculares wide field, derivadas da Erfle/Kholer (6 elementos) com a adição de um dubleto para correção do campo (lente smyth), tento portanto 8 elementos no total.  As lentes recebem o revestimento antirreflexivo da Baader chamado Phatom Group, que permite uma boa transmissão de luz apesar dos vários elementos. Entre os concorrentes da Hyperion com mesmo campo e design parecido temos as Orion Stratus e recentemente as Celestron  Ultima Duo. No nível de qualidade superior, com melhor correção nas bordas podemos citar as Vixen LVW, TeleVue Panoptic e Pentax XW. Como comentado anteriormente, todas as medidas possuem grande eye relief de 20mm e um campo aparente de 68 graus.

Modularidade

É neste ponto que as Hyperions chamam muito a atenção, modularidade. A Baader como um todo tem esta filosofia de permitir interoperabilidade nos seus acessórios (a exemplo do sistema Astro T2) e com a Hyperion isso não é diferente.

Baader Hyperion com ZWO ASI120Para começar as oculares possuem na sua extremidade posterior roscas M43 e SP54, isso permite o uso de uma enorme gama de adaptadores, entre eles o M43-T2 que permite o uso de acessórios com esta rosca para, por exemplo, fotografia em modo de projeção positiva. Além disso, a extremidade é compatível com a lente corretora de astigmatismo Dioptrx, da TeleVue, o que é curioso pois se trata de produto de outra empresa!

Voltando ao design óptico, como vimos existe um dubleto smyth para correção de campo na parte inferior das oculares, com exceção da 24mm, que tem configuração diferente. Acontece que este dubleto tem um efeito semelhante ao da lente de barlow, ou seja, aumenta a distância focal do instrumento e este aumento depende da distância dele para a ocular em si. A Baader aproveitou esta característica para introduzir os FTR (Fine Tune Rings), que são anéis com rosca M48 que vão entre o conjunto de lentes inferior (Smyth) e o superior, aumentando a distância entre estes conjuntos você aumenta o fator do dubleto e diminui a distância focal efetiva da ocular. Originalmente existem FTRs de 14mm e 28mm, que podem ser usados separadamente ou em combinação, resultando portanto em 3 distâncias focais extras. Além disso, é possível usar a Hyperion sem o dubleto inferior, o que deixa o campo menos corrigido, mas aumenta significativamente a distância focal da ocular, então temos mais uma medida! Lembram-se que eu falei que a rosca dos FTRs é padrão M48? Este é o mesmo dos filtros de 2″, como podem ver na tabela abaixo, estes filtros também podem ser rosqueados entre os dois elementos e tem efeito semelhante ao dos FTRs.

Tabela Baader Hyperion

Se pegarmos o exemplo da Hyperion 21mm, supondo ter os 2 anéis, teremos as seguintes possibilidade de distâncias focais: 21mm (original), 17.6mm (FTR 14), 15.5 (FTR 28), 14mm (FTR14+28) e 32.2 (usando apenas o grupo de lentes superior, 2″). Além disso se for usar algum filtro neutro ou específico temos a medida adicional de 18.5mm. Tudo isso com apenas uma única ocular!

Este método funciona bem? Para os anéis FTR eu não notei nenhum problema significativo usando as oculares de 21mm e 13mm que possuo, no modo de 2″, ou seja, usando apenas o grupo superior, achei o eye relief da 13mm muito pequeno e não gostei do resultado. Na 21mm ele é aceitável, mas as bordas realmente ficam com menos qualidade do que na configuração original. De qualquer forma possibilitar isso já é algo louvável, pois pode economizar dinheiro evitando comprar uma ocular de busca de baixa ampliação.

Impressões e testes

As Hyperions estão entre as oculares mais confortáveis que já usei, alívio de olho grande, eye guard bem projetado, a construção mecânica não deixa a desejar. Possui a lateral emborrachada e com um anel colorido para identificação.

Em relação à qualidade de imagem achei muito boa, a maior parte do campo apresenta boa definição e ausência de problemas significativos. Nas bordas é possível notar algum astigmatismo e cor lateral, o que é esperado para uma ocular nesta faixa de preço já que custa caro corrigir estes problemas em oculares de grande campo. A distorção é mínima e notei bom controle de luz, sem reflexos indesejados ou fantasmas, por exemplo. O field stop é bem definido, apenas muito pouco fora de foco, não chega a incomodar e dar limitação imprecisa de campo como em alguns modelos.

Minha análise fica restrita às medidas de 13mm e 21mm já que são as que possuo, lembrando da observação que fiz acima sobre o uso de FTRs e o modo de 2 polegadas.

Hyperion Aspheric

Hyperion Aspheric - tipos de barril

Hyperion Aspheric com barril cônico de 1.25″

A Baader lançou a série Aspheric com apenas duas medidas complementares, 31mm e 36mm. Segundo a fabricante ela usa elementos asféricos para permitir melhor correção da imagem com menor número de elementos, possuindo ao todo apenas 6 contra 8 das Hyperions comuns. Além disso apresenta campo aparente maior, de 72 graus e eye relief variável, mas confortável, de 18mm na 31 e 20mm na 36.

Possuem as mesmas roscas superiores que os outros modelos, não suportam FTR pelo design óptico diferente. O barril de 2″ pode ser removido para adaptação de um barril cônico (veja na imagem acima) de 1.25″ que permite um field stop de 32mm, permitindo o maior campo possível para telescópios com este padrão.

Além disso, o barril de 2″ pode ser removido e a ocular adaptada diretamente em rosca no padrão SCTs, como no exemplo acima para imagem por projeção positiva sem uso de diagonal ou visualback.

Na observação o campo de 72 graus é notavelmente maior, no limite do que considera confortável, já que pessoalmente não gosto muito de campos muito grandes, que exigem desviar o olhar para observar as bordas. O controle de luz é muito bom, apresenta distorção mínima, um pouco mais evidente nas bordas, assim como o leve astigmatismo. A cor lateral é reduzida em relação às outras Hyperions que tenho.

Baader Hyperion Aspheric no C9.25

Hyperion Aspheric 36mm conectada diretamente a um Celestron C9.25

Isso tudo no modo original, ou seja, com o barril de 2 polegadas. Usando o de 1.25 é notável a redução do campo aparente (que vai pra uns 60 graus da 31mm e 50 na 36mm) e algum escurecimento nas bordas, já que não são totalmente iluminadas. Mesmo assim, considero interessante dar esta opção, já que pode evitar ter que comprar uma ocular que teria pouco uso apenas para usar no focalizador de 1.25 de algum telescópio menor. A modularidade da Baader é realmente um ponto forte presente em todas as Hyperions.

Valem a pena?

As Hyperions estão hoje entre as oculares com melhor custo-benefício para esta faixa de campo, unindo qualidade a um preço aceitável. No mercado brasileiro são comercializadas a partir de 540 reais para as Hyperions comuns e 800-850 reais para as Aspheric de 31 e 36mm. Para importar é de 140 dólares para as Hyperions comuns e 209/219 dólares para as Hyperions Aspheric de 31 e 36mm respectivamente. Como podem ver o preço é melhor para o modelo comum (hoje com medidas entre 5 e 24mm), mas a qualidade das Hyperion Aspheric não as deixam muito atrás em termos de custo-benefício.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.